Já é tarde demais para salvar a humanidade ... Nossa extinção em massa é inevitável, diz proeminente cientista ... População fora de controle

human

Professor Frank Fenner diz que a humanidade está no fim. Já é tarde demais para salvar-nos do futuro suicida que criamos em que o ecossistema não pode mais suportar a vida humana."Nós estamos caminhando para a extinção ", diz o cientista. 

"Tudo o que fazemos agora é tarde demais." ( SOURCE ) Frank Fenner, 95 anos, é membro da Academia Australiana de Ciência e da Royal Society .Ele publicou "centenas de trabalhos científicos e escreveu ou co-escreveu 22 livros", diz The Australian , que imprime essas palavras de uma entrevista com Fenner: Vamos sofrer o mesmo destino que as pessoas na Ilha de Páscoa ... A mudança climática é apenas o começo ...

A espécie humana é provável que vá da mesma forma que muitas das espécies que temos visto desaparecer. Homo sapiens será extinto, talvez dentro de 100 anos... É uma situação irreversível. Eu acho que é tarde demais. As pessoas estão tentando fazer alguma coisa, mas elas continuam adiando. A coisa é realmente assustadora! Não pelo fato de Fenner acreditar que a humanidade caminha para a extinção. Em vez disso, a maior ameaça para todos nós é que os globalistas pode tentar fazer um esforço para mudar de rumo .

Dica: Trata-se de um planeta com seis bilhões de pessoas a menos do que vivem nele hoje.

Muita gente, pouca comida, água e outros recursos

O argumento de Fenner é fundado na ideia de que a população já é grande demais para parar a extinção em massa.

É "consumo desenfreado" que vai levar a humanidade ao suicídio, diz ele.

Fenner há Sarah Connor, no entanto não é um paciente da ala psiquiátrica; ele é um estimado cientista, especialista de renome mundial em vírus da varíola.

Na extinção da espécie humana, ele explica: “Mitigação iria retardar as coisas um pouco, mas há muitas pessoas aqui já”. A “Fascinante, a visão de Fenner pode ajudar a explicar por que há tanto desespero por parte dos globalistas para despovoar o planeta, eliminando seis bilhões de pessoas”.

Até o Papa parece estar embarcando nessa de despovoamento como um mal necessário para "salvar o planeta".

Os otimistas dizem que devemos eliminar seis bilhões de pessoas

Quando se trata do futuro da humanidade, os pessimistas dizem que já é tarde demais. Não há nada que possa fazer para impedir a extinção em massa, de modo que não poderia muito bem se preocupe em tentar. Apenas deixe a população explodir enquanto ficamos sentados, com nosso dinheiro, cheques vendo o mundo todo cair em ruína como Collapsifornia. (Sem comida? Não há água? Não há polinizadores? Não se preocupe! Temos os preços das ações de biotecnologia recordes que nos mantem no verde!) São os otimistas que dizem que poderia ter uma chance para uma espécie sustentáveis ​​se cometermos imediatamente genocídio global matando seis bilhões de pessoas. Sim, você leu corretamente: os otimistas acreditam que precisamos assassinar seis bilhões de pessoas o mais rápido possível, a fim de ter uma chance de salvar o futuro de nossa espécie.

Assassinato em massa da maioria dos seres humanos, em outras palavras, é a notícia boa nessas discussões. A má notícia é que mesmo tomando essas medidas desesperada não podemos salvar-nos!

A colisão de consumo e esgotamento

O que nós estamos todos realmente testemunhando aqui é a colisão de duas tendências globais:. CONSUMO E ESGOTAMENTO. Consumo é o que as empresas querem aumentar. Eles querem mais pessoas comprando, ou jogando fora mais coisas. As empresas só vê lucro quando as pessoas consomem.  

Quase todas as mensagens que são empurradas em nossa sociedade moderna são projetadas em torno de uma agenda para promover o consumo em massa com a finalidade de aumentar os lucros corporativos. (. Independentemente do resultado do que acontece com o meio ambiente )
Esgotamento é o que acontece quando os cidadãos do planeta usam todos os finitos recursos : hidrocarbonetos (combustíveis fósseis), água doce (aquíferos), solo, desmatamento de florestas para a produção de soja OGM , metais de terras raras para construir parques eólicos para a energia "verde", destruindo ecossistemas marinhos naturais, e assim por diante-.
Quando o consumo colide com esgotamento, adivinha o que acontece? Extinção. .
Quase todos os modelos econômicos subjacentes à civilização humana são baseados no conceito fraudulentos de crescimento ilimitado e expansão. Mas a ideia é uma fraude. Nosso planeta é finito, obviamente, ou então ele iria ocupar o universo inteiro (e depois alguns). Porque a Terra é finita, e seus recursos também são, em determinado momento. Enquanto coisas como combustíveis fósseis e aquíferos de água doce podem ser recarregadas ao longo do tempo, essa escala vastamente excede a janela relativamente curta de tempo humano, no qual eles estão sendo esgotados. (Aquífero de água, por exemplo, pode ser bombeada pela agricultura humana em 50 anos, enquanto que poderia levar 500 anos para recarregar.) A verdadeira questão é onde estamos agora sobre o consumo vs. curva de depleção?

Quase toda a gente no mundo dos negócios e da indústria diz que não há nada para se preocupar. Mantenha consumindo! Como Jay Leno costumava dizer, "Coma tudo o que quiser, nós vamos fazer mais!" Isso é tudo muito bom até o dia em que a água se esgote, as colheitas murchem, os polinizadores desapareçam e o abastecimento alimentar acabe. "Como a população continua a crescer para sete, oito ou nove bilhões, haverá muito mais guerras por alimentos", diz o professor Fenner. Junto com essas guerras, nós também veremos outras por água, abelhas, sementes e talvez até mesmo o oxigênio atmosférico. Fenner parece convencido, que essas guerras acabarão por ser infrutíferas porque mesmo os vencedores estarão condenados pela destruição ecológica posta em movimento por humanos que não enxergam a capacidade do planeta de sustentar a vida humana. Quando o ecossistema entra em colapso, depois de tudo, o colapso da vida humana deve seguir. A razão de Fenner pronunciar estas coisas, por sinal, é porque ele longo estará aposentado. Ninguém pode ameaçar descarrilhar sua carreira acadêmica ou interromper a sua pensão. Ele não está competindo por um prêmio Nobel ou um prêmio cobiçado na Universidade Politicamente Correta. 

Então ele está expressando o que ele vê como verdadeiras e ainda diz: A humanidade já está condenada, e "vida verde" é uma piada cruel que não vai fazer qualquer diferença no longo prazo, ele é convencido. Vamos esperar Fenner  pode estar errado. Mas mesmo que ele esteja isso não significa que os globalistas sedentos de poder não vá tentar assassinar seis bilhões de pessoas de qualquer maneira... Especialmente se isso significar, em suas mentes, "salvar o futuro da humanidade a partir de colapso ecológico." Michelle Obama, por sinal, acaba de anunciar que o programa de merenda escolar da América vai começar a servir hambúrgueres verde gratuitos de  Soylent a todos!

Soluções? Provavelmente não qualquer que você está disposto a realmente seguir

Com tudo isso em mente, o que você pode fazer para ajudar a reverter o curso aparente da humanidade em direção à auto-extinção? Esqueça todos os palermas "dicas de vida verde" que você vai encontrar em revistas nas bancas dumbed-down. Classificando o seu lixo em três recipientes para reciclagem não fará um pingo de diferença no longo prazo.

E não, é o seu papel higiênico de baixo volume de descarga determinada pelo governo, não faz de você "ambientalmente consciente". O fato de que você está comprando frutas no inverno enviadas da América do Sul é uma total contradição de princípios ambientais do núcleo.  Se você realmente quiser contribuir de forma significativa para um mundo sustentável, você precisa parar de dirigir um veículo, parar de comprar comida no supermercado, abandonar a ideia de um gramado verde, plantar a sua própria comida e viver em uma cabana pequena sem água, eletricidade ou água corrente.



Coma alimentos cultivados há mais de 250 milhas de sua casa. Até a maneira de comer é um assalto diário ao planeta. Eu tenho conseguido tudo isso? Não por um tiro longo. Eu ainda como produtos orgânicos frescos cultivados no Chile. Ainda dirijo um veículo com alto consumo de gás. Uso eletricidade produzida por carvão. Mas eu estou muito à frente da maioria em várias frentes, incluindo viver 100% na minha própria água da chuva e experiências com sistemas de irrigação alimentados por gravidade para alimentar em longo prazo sustentabilidade.

Tradução : Por Trás da Mídia Mundial 
Fonte : Natural News


Share on Google Plus

Sobre: Adrien Marinho

Adrien Marinho . Sou agnóstico teísta, formado em direito, publicidade. Sei desenhar, tocar guitarra, bateria e tenho TDAH. O motivo do site é o mesmo da pagina, alertar as pessoas com mais detalhes e conteúdo sobre as informações camufladas pela televisão e mídia num modo geral. Explicando com mais detalhes os escândalos envolvendo vacina, remédio, alimentação, Projeto Blue Beam , Iluminati. e tudo que se encontra oculto em nossa sociedade.
    Comentário no Blogger
    Comentário no Facebook

0 comentários: